A plenitude humana

A plenitude humana

Com seu estilo próprio, o médium e orador espírita Divaldo Franco inicia mais um excelente trabalho apresentando a história da criação do universo descrita no Rigveda, livro sagrado mais antigo da literatura hindu. Continua sua abordagem falando sobre a transitoriedade, na Terra, da criatura humana, suas expectativas e frustrações, o desenvolvimento do ego em detrimento do Eu superior.

Esclarece-nos sobre a consciência e o estado de plenitude, tipificado pela liberdade dos vínculos materiais, analisando cuidadosamente a nossa realidade estrutural íntima. Quanto mais nos afastarmos do hedonismo, mais próximos de nós mesmos estaremos. Orienta-nos sobre o silêncio, a meditação, o não julgamento e outras fundamentais posturas da intimidade que devemos manter em busca do Espírito pleno.

Excelente trabalho com diretrizes seguras na busca da criatura humana pela plenitude do ser, nos diversos estágios do ciclo de evolução.

DATA:
01/02/1997

LOCAL:
Mansão do Caminho – Salvador – Bahia

Gêneros / Coleções: Acervo Histórico

Deixe sua avaliação